Suinocultores recebem auxílio no transporte de dejetos

Os 36 produtores de suínos cadastrados no programa que oferece ajuda financeira para o transporte de dejetos recebem a primeira parte do valor no dia 30 deste mês. A proposta prevê o repasse de dinheiro por suíno alojado. São R$ 0,80 para quem possui creche, R$ 2,20 aos criadores de animais para terminação e R$ 2,50 aos produtores de matrizes.


Para ter direito ao benefício o suinocultor não pode ter dívida com a administração municipal, precisa estar com o licenciamento ambiental regularizado e ter apresentado o Talão de Produtor dentro do prazo estipulado pelo município. O encaminhamento do benefício deve ser feito na Secretaria Municipal da Agricultura, situada no Centro Administrativo.


A segunda parcela, por sua vez, será depositada em outubro. O governo municipal investirá R$ 38,8 mil na realização do projeto. Pela proposta, cada produtor receberá dinheiro para contratar o serviço de forma individual. Antes, o repasse era feito integralmente à Apsat que, em contrapartida, oferecia horas-máquina aos suinocultores que não tinham tratores próprios.



Foto Rafael Simonis/Arquivo



Governo municipal investirá R$ 38,8 mil para viabilizar o benefício aos produtores de suínos

2 visualizações0 comentário