top of page

Seminário reúne produtores de leite do município

Um grupo de 40 produtores esteve reunido na quinta-feira, dia 20, na sociedade do Esporte Clube Cruzeiro, de Nova Santa Cruz, para o 1º Seminário Municipal de Bovinocultura de Leite. Organizado pela Emater/RS-Ascar e pela prefeitura, o evento contou com palestras relacionadas ao manejo da ordenha e à qualidade do leite. Na ocasião, também houve relato de experiência sobre o Programa Propriedade Referência, implantado pelo município em 2005, além de apresentação sobre a história da Empresa Mallmalat, que absorve a produção local.


De acordo com a extensionista da Emater/RS-Ascar, Sandra Gerhardt, o objetivo foi dar continuidade ao processo de qualificação pelo qual os bovinocultores de leite têm passado e que ampliou a produção local. “Em 2005, eram apenas dois milhões de litros produzidos ao ano, número que hoje ultrapassa os oito milhões”, ressalta. Além de se beneficiar das políticas públicas locais – o Programa Propriedade Referência está na terceira edição –, os bovinocultores são atendidos por outros programas, como o Leite Gaúcho, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR/RS).


Animado com a atividade, o jovem produtor Ezequiel Ferla, da localidade de Chapadão, sorri ao lembrar as escolhas que fez no passado. Ainda adolescente, abandonou a propriedade – na época o pai Eduardo, hoje secretário da Agricultura do município, possuía um plantel com 18 animais – para trabalhar como colocador de piso. Insatisfeito, mudou de ofício, passando a ser empregado de uma madeireira. “Não aguentei um mês e voltei para a propriedade para propor ao meu pai que retomássemos a produção leiteira”, lembra. “O único problema é que os animais haviam sido todos vendidos”, recorda.


Tendo de recomeçar do zero, Ezequiel convenceu o pai a lhe emprestar dinheiro para o reinício da atividade. “Comecei com quatro animais e hoje estou com oito, que produzem cerca de 150 litros de leite por dia”, menciona. Diferentemente do que ocorria nos empregos anteriores, na cidade, agora o jovem gerencia a atividade, sendo o “patrão de si mesmo”, em suas palavras. Não à toa, pensa em permanecer na propriedade, projetando o crescimento do plantel. “Quero investir em uma sala de ordenha, com todos os equipamentos, que tenha a capacidade para a produção de cerca de 20 a 25 vacas”, projeta.


O prefeito Fabiano Immich valorizou o empenho dos bovinocultores em qualificar sua produção. “É algo que, no fim das contas, representa o fortalecimento do nosso município”, analisou. O gerente regional da Emater/RS-Ascar, Luiz Bernardi, elogiou o trabalho em parceria e a continuidade das ações na área. O evento contou, ainda, com a presença de outros integrantes da Emater/RS-Ascar, como o gerente adjunto Diego Barden dos Santos; o assistente técnico regional na área de Bovinocultura de Leite, Martin Schmachtenberg e o supervisor João Caíno, além dos extensionistas do município.



Foto Rafael Simonis



Evento foi realizado na sociedade do Esporte Clube Cruzeiro, de Nova Santa Cruz

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page