Saúde oferece serviços de auriculoterapia e agulhamento a seco

Com o objetivo de ampliar os serviços prestados e garantir uma qualidade de vida cada vez maior à população, a Secretaria Municipal da Saúde passou a oferecer dois tratamentos inovadores baseados em recursos terapêuticos de origem chinesa que ajudam a aliviar dores e a melhorar problemas físicos e psicológicos: a auriculoterapia e o agulhamento a seco. Ambas as terapias fazem parte das Práticas Integrativas e Complementares (PICS) e são reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde.

A auriculoterapia é uma técnica em que se usa o pavilhão da orelha para efetuar estímulos aproveitando o reflexo que a aurícula exerce sobre o Sistema Nervoso Central. Essa terapia estimula pontos, situados na orelha, que correspondem a todos os órgãos e funções do corpo. Quando um desses pontos é estimulado, o cérebro recebe um impulso que desencadeia uma série de fenômenos físicos relacionados com a área do corpo, aliviando sintomas e produzindo equilíbrio.

De acordo a enfermeira Carla Kremer, que tem realizado o serviço junto com a enfermeira Eunice Braun, antes de se iniciar o tratamento é feita uma avaliação do paciente para identificar os principais sintomas e tentar entender quais os órgãos afetados. “Depois disso, fizemos a seleção dos pontos mais adequados e definimos qual o melhor modelo de pressão sobre o ponto, que poder ser por meio de esferas magnéticas ou sementes de mostarda”, ressalta.

Carla ressalta que o estímulo dos pontos específicos da orelha ajuda a aliviar dores e a tratar diversos problemas físicos ou psicológicos, como ansiedade, enxaqueca, obesidade, contraturas, dores crônicas e azia, por exemplo. Também pode auxiliar no diagnóstico e na prevenção de algumas doenças por meio da observação dos pontos específicos da orelha que se encontram alterados.

Hoje 30 pacientes recebem tratamento em auriculoterapia na Unidade Básica de Saúde. Marlem Mariane Zanetti é uma das beneficiadas com o serviço. Moradora de Nova Santa Cruz, ela salienta que a terapia tem lhe auxiliado a tratar dores de coluna e problemas de ansiedade. “No meu caso, a auriculoterapia tem ajudado bastante”, frisa. O tratamento prevê um total de sete sessões, sendo uma por semana.

A auriculoterapia é indicada para dores por torções, contraturas ou distensões musculares; problemas reumáticos, respiratórios, cardíacos, urinários, digestivos e hormonais e problemas psicológicos, como ansiedade ou depressão.

Outro serviço que passou a ser oferecido pela Secretaria da Saúde é o agulhamento a seco, também conhecido como dry needling. O tratamento consiste na aplicação de agulhas de acupuntura diretamente nos nódulos formados na fibra muscular, denominados de pontos-gatilho (trigger-points), que são regiões tensas cujo desenvolvimento pode estar relacionado a movimentos repetitivos, bruscos e excessivamente rápidos, quedas, isquemia (falta de oxigenação muscular), inflamação, falta ou excesso de exercícios físicos, estresse emocional, deficiências nutricionais e alterações na postura.

Utilizando a agulha a seco (sem injetar nenhum medicamento), essa região tensa é “liberada”, ocorrendo uma quebra do ponto-gatilho. O sangue volta a circular e a causa da dor é extinta. Dependendo da localização do nódulo no corpo, a dor pode irradiar para outros locais.

Conforme a médica da Família, Monique Wickert, que é a responsável por desenvolver a técnica na Unidade Básica de Saúde, a procura tem aumentado gradativamente desde que esse método terapêutico foi implantado no município, há cerca de um mês. Segundo ela, vários músculos podem desenvolver o ponto-gatilho. Os locais mais comuns são quadril, cervical, lombar e mandíbula.


Agendamento

A secretária municipal da Saúde, Iara Kohlrausch, comemora o fato de o município ter a possibilidade de oferecer esses dois novos tratamentos à comunidade. “Tanto a auriculoterapia quanto o agulhamento a seco tem gerado resultados importantes nos pacientes, proporcionado bem-estar e mais qualidade de vida. Tanto é assim que o número de pessoas interessadas em realizar os tratamentos está aumentando consideravelmente”, destaca.

Ambos os serviços são oferecidos por agendamento. Neste caso, os interessados devem passar na Unidade Básica de Saúde ou ligar para o 51 3782-2266 para marcar os horários das consultas, permitindo uma melhor organização do atendimento.

Auriculoterapia tem ajudado a paciente Marlem a tratar dores de coluna e problemas de ansiedade

0 visualização

Secretaria de Saúde

Assistência Social:

Conselho Tutelar

Fiscalização (Sanitário)

Departamento de Obras

Conselho Tutelar (Alternativo)

Plantão da água (Vivo)

Departamento da Agricultura

Ambulância

Plantão de máquina (Vivo)

Plantão da água (Claro)

Secretaria da Educação

Ambulância (Alternativo)

Plantão de máquina (Claro)

Fiscalização (Geral)

Prefeitura de Santa Clara do Sul

Fone: (51) 3782-2250

Avenida Emancipação, n° 615, Centro Santa Clara do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon