Município desenvolve programa voltado à saúde emocional da população

Atualizado: Jun 11

O município de Santa Clara do Sul está elaborando um programa inovador de apoio à saúde emocional dos 7 mil habitantes que moram na cidade. Denominada de Santa Clara Mais Feliz, a iniciativa do governo municipal foi aprovada pela Câmara de Vereadores na sessão realizada nessa quarta-feira, dia 9.


Por meio do programa, a administração municipal realizará uma série de políticas públicas com o intuito de promover uma sensação maior de bem-estar da comunidade. As atividades serão coordenadas pelo Departamento de Saúde Emocional, que atuará especificamente no combate efetivo às causas e consequências do adoecimento emocional pelo qual passa a sociedade e, assim, viabilizar o suporte para que as pessoas consigam ter uma vida mais tranquila e feliz.


De acordo com o prefeito Paulo Kohlrausch, a iniciativa é uma alternativa ao momento desafiador que a sociedade vive, marcado pelo rápido avanço tecnológico, pela mudança no modo das pessoas se relacionarem, pela transformação digital, pela competitividade no mercado de trabalho e, principalmente, pelo advento da pandemia. “Grande parte dos pacientes que hoje procuram atendimento na nossa Unidade Básica de Saúde o fazem com o intuito de resolver problemas de natureza muito mais emocional do que física”, constata.


Kohlrausch destaca que a Covid-19 ampliou a percepção de medo, incerteza e intolerância em uma parte massiva da sociedade, o que acaba influenciando na sua qualidade de vida. “E é justamente no sentido de amenizar esses impactos que estamos implantando o Santa Clara Mais Feliz. Temos a convicção de que o programa será um importante norteador para o desenvolvimento ainda mais equilibrado e saudável da nossa comunidade”, enfatiza o prefeito.


O Santa Clara Mais Feliz está dividido em três etapas principais. A primeira é relacionada à estruturação teórica e prática do programa. A segunda etapa prevê um diagnóstico e mapeamento das condições de saúde emocional dos cidadãos de Santa Clara do Sul e, a partir dessa compreensão, a estruturação de iniciativas educacionais e terapêuticas no sentido de elevar o nível de bem-estar subjetivo da população. E o terceiro eixo está voltado ao planejamento estratégico de atuação e implementação das ações.


O Santa Clara Mais Feliz será estruturado a partir de um comitê multissetorial formado por profissionais das áreas de Saúde, Assistência Social e Educação, que atuarão em ações específicas sob a coordenação de uma empresa terceirizada e a supervisão do Gabinete do Prefeito. A execução das atividades será realizada por servidores públicos municipais em conjunto com equipes terceirizadas. Para viabilizar o programa, o município fará um investimento de até R$ 150 mil.


Como forma de mensurar os resultados, Santa Clara do Sul pretende usar o indicador chamado de Felicidade Interna Bruta (FIB), que passou a ser mundialmente conhecido a partir da sua implementação em Butão, o qual utiliza esse instrumento para avaliação e planejamento de políticas para promover o bem viver e a felicidade da população.


A implantação do programa está sustentada em outras iniciativas municipais que têm gerado resultados importantes à população. Uma delas é o Santa Clara Tem Valor, que desde 2017 atua no fortalecimento e estímulo à indústria, comércio e serviços, qualificando os empreendedores locais e alavancando a economia do município.


Outro destaque é o programa Santa Clara Mais Saudável, iniciado em 2018, cujo objetivo é instituir uma cultura de consumo e produção de alimentos saudáveis em Santa Clara do Sul, tornando-se referência no setor. E recentemente, o município lançou o programa Educação Para Todos, que visa oportunizar que toda a população possa se desenvolver pessoal e profissionalmente.


As atividades serão coordenadas pelo Departamento de Saúde Emocional, com o intuito de promover uma sensação maior de bem-estar da população

60 visualizações0 comentário