top of page

Programa coleta óleo de cozinha usado

Em torno de 1,5 mil litros receberam um destino adequado em dois anos de campanha


O Departamento Municipal de Meio Ambiente orienta a população a participar do programa de coleta do óleo de cozinha usado. Em vez de lançar o produto nas pias e nos ralos das casas, causando a contaminação da água e do solo por meio da rede de esgoto, a iniciativa tenta conscientizar a comunidade a dar destino correto à substância.


Hoje os pontos de coleta do produto estão situados nas cinco escolas do município. Parte do comércio, como as lancherias, também recolhe o material, mas de forma privada. Desde que a ação é realizada, há cerca de dois anos, em torno de 1,5 mil litros foram coletados. A orientação é de que as pessoas armazenem o produto em garrafas pet antes de depositá-lo nos tonéis para evitar vazamentos.


A campanha tem a parceria da Ecoóleo Soluções Ambientais, de Arroio do Meio, responsável pelo recolhimento e destinação do material. Segundo o proprietário da empresa, Rogério Quaresma, o óleo de fritura é transformado em desmoldantes que, aplicados em fôrmas de madeira ou metálicas, impedem a aderência entre o concreto e a fôrma. Quaresma informa que o disque-coleta é o 9737-2626.


Os ambientalistas alertam que um litro de óleo de cozinha usado pode contaminar cerca de um milhão de litros de água. Segundo a bióloga Dalila Welter, a intenção é ampliar o número de locais para depósito dos resíduos, sobretudo no centro da cidade, para incentivar mais pessoas a participarem do programa.



Conscientização


Os pontos de coleta estão localizados nos colégios municipais Frei Henrique de Coimbra, de Nova Santa Cruz; Willibaldo Both, em Alto Arroio Alegre; Gustavo Seidel, em Sampainho e Pequeno Mundo, no centro, bem como na Escola Estadual Santa Clara.


No colégio de Educação Infantil, a conscientização ambiental é um dos temas trabalhados com os alunos. É o caso de João Antônio Fernandes Schmidt e Lívia Winck Antoni, que desde cedo aprendem a importância de preservar a natureza e de se atentar à reciclagem.



Foto Rafael Simonis



Alunos da creche, João Antônio e Lívia aprendem desde pequenos a manter hábitos sustentáveis

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page