Município terá EJA para Ensino Médio em 2016

A população interessada em concluir o Ensino Médio terá a possibilidade de retornar aos estudos por meio do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA) a partir de 2016. A proposta será apresentada ao público na próxima quarta-feira, dia 18, no Salão Paroquial, às 19h30min. Toda a comunidade está convidada a participar da reunião. Na oportunidade também haverá uma palestra sobre a importância do ensino com o escritor, jornalista e empresário Joel Adriano Maciel, de Porto Alegre.


Idealizado pelo Executivo, em parceria com o Instituto Inovação, de Porto Alegre, o projeto deve ser iniciado no próximo ano letivo. O funcionamento será na modalidade de EAD (Educação à Distância), que prevê uma noite de aula presencial por semana e o restante do curso realizado à distância. Além de todo o material didático, os alunos terão acesso a uma plataforma digital na qual estarão reunidos todos os conteúdos das disciplinas.


O secretário municipal de Educação, Cultura e Desporto, Gilmar Hermes, ressalta que a coordenação da proposta, inclusive a indicação dos professores, será feita pelo município.


As aulas devem ocorrer na Escola Municipal de Turno Integral Professor Sereno Afonso Heisler. “Trata-se de uma grande oportunidade para que jovens e adultos possam voltar a estudar”.


Como uma empresa terceirizada colocará a iniciativa em prática, haverá a cobrança de uma mensalidade cujo valor ainda está indefinido. O projeto tem a chancela da Secretaria Estadual da Educação e do Ministério da Educação. “A educação é uma alavanca para o crescimento pessoal e profissional da nossa comunidade, o que favorece o desenvolvimento do município”, salienta o Hermes.


Segundo o prefeito Fabiano Immich, levar ensino de qualidade à população é uma das prioridades de governo. Ele cita a inauguração da Escola Sereno Afonso Heisler, num investimento superior a R$ 1,4 milhão, o projeto de turno integral oferecido em todos os colégios da rede municipal e agora a EJA para o Ensino Médio como exemplos do empenho da administração municipal em prol da educação. Hoje 34% do orçamento do município é investido no setor.


Entre 2006 e 2014, 180 jovens e adultos se formaram pela EJA no Ensino Fundamental.


Agora, eles terão a chance de seguirem os estudos no Ensino Médio. Caso haja demanda, esse sistema de ensino pode ser ampliado. Assim, o município passaria a oferecer, também, cursos de graduação e pós-graduação.


Foto Divulgação



Depois de formar 180 jovens e adultos no primeiro grau, agora o enfoque é o Ensino Médio


5 visualizações0 comentário