top of page

Mais de 1.000 livros são retirados na Biblioteca em agosto

A Biblioteca Pública Padre Alberto Träsel, de Santa Clara do Sul, registrou o recorde de empréstimo de livros no mês passado. Foram 1.157 exemplares retirados pela população no período de 1º a 31 de agosto. O número é muito superior à média dos últimos anos, que era de aproximadamente 200 livros emprestados por mês.


De acordo com o coordenador municipal de Cultura, Rauel Borstmann, esse aumento considerável se deve às ações de estímulo à leitura, como visitas periódicas de alunos de escolas do município à biblioteca e as recentes compras de novos livros somando quase R$ 30 mil de investimento, o que ampliou e modernizou o acervo bibliográfico.


Outra iniciativa que facilitou e estimulou o acesso à Biblioteca foi a ampliação do horário de atendimento para os sábados de manhã, desde março deste ano, garantindo o acesso para quem não tinha tempo livre durante a semana.


Hoje o acervo da Biblioteca Pública Padre Alberto Träsel contempla 4.606 exemplares, entre eles livros de autores gaúchos, brasileiros, latino-americanos, universais e quadrinhos, oferecendo diferentes tipos de leitura e informação a toda comunidade santa-clarense. As obras mais retiradas atualmente são os livros infantis.


Para fazer um empréstimo de um livro na Biblioteca é necessário realizar um cadastro informando nome, data de nascimento, nº de CPF e RG, filiação, endereço e telefone. Quem está com livros em atraso pode fazer a devolução na Biblioteca sem o pagamento de multa ou renovar caso seja necessário, o que garante a renovação constante do acervo.


O atendimento na Biblioteca é feito das 7h45min às 11h45min e das 13h às 17h de segunda a quinta-feira, das 7h45min às 11h45min e das 13h às 16h nas sextas-feiras e das 9h às 12h nos sábados de manhã.


Reforma


Além desse importante índice de retirada de livros registrado em agosto, a estrutura da Biblioteca Pública passa por um amplo processo de melhorias. Entre os serviços realizados estão a acessibilidade do local e a reforma dos banheiros, que passarão a ser compartilhados com os usuários da Casa do Artesão, num investimento municipal de quase R$ 60 mil.



35 visualizações0 comentário
bottom of page