Evento discute políticas públicas na saúde

O município realizou a 5ª Conferência da Saúde na semana passada. O evento ocorreu nas dependências do Salão Paroquial, sob o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”.

A palestrante Regiane Möllmann debateu os eixos temáticos e o tema central da conferência. Também esclareceu questões quanto ao SUS, em especial o que é, como funciona, quem o exerce, financiamento e a universalidade do atual sistema.

Presidente do Conselho Municipal da Saúde, Márcia Helena Spohr Kuhn enalteceu a importância desse órgão para que a execução dos serviços e atividades em saúde atendem as necessidades dos usuários. Agradeceu, ainda, a todos os membros do conselho pela participação e empenho.

O vice-prefeito Fabiano Rogério Immich destacou os serviços prestados pela equipe de saúde e a parceria do Conselho Municipal da Saúde com a municipalidade.

Na oportunidade também foram escolhidos os delegados que vão representar Santa Clara do Sul na etapa estadual que ocorrerá entre 24 e 26 de maio. Mais de cem pessoas participaram do encontro.


Eixos debatidos


Saúde como Direito

• MUNICIPAL: Fortalecer as ações de prevenção e educação em saúde, no contexto familiar e comunitário, a exemplo das ações voltadas à saúde do homem; ESTADUAL: Ampliar as ações voltadas à saúde do trabalhador; FEDERAL: Ampliar a política de Saúde do Idoso.

• MUNICIPAL: Implantar ações voltadas à saúde do trabalhador, assim como, maior acesso a capacitações.

• MUNICIPAL: Aumentar a carga horária ou contratar mais profissionais nas áreas de: educação física, nutrição e serviço social.

• MUNICIPAL Implantação das PIC's (práticas integrativas - aculturara, ioga, aromaterapia...).


Consolidação dos Princípios do SUS

• MUNICIPAL, ESTADUAL e FEDERAL: Proporcionar maior acesso à informação, através de informações divulgadas em meios de comunicação, de canais abertos e horários nobres.

• MUNICIPAL: Ampliar/divulgar as ações exercidas pelas Agentes Comunitárias de Saúde, proporcionando maior visibilidade as suas ações.

• ESTADUAL e FEDERAL: Cumprir os repasses/recursos já previstos em Lei.

• MUNICIPAL: Aumentar o acesso à práticas alternativas não medicamentosas.


Financiamento Adequado e Suficiente para o SUS

• MUNICIPAL: Implantar o Programa de Fitoterapia.

• FEDERAL: Debater e ampliar os critérios de rateio dos Recursos entre os Entes Federativos - melhor distribuição dos Recursos, com base na população atual do município.

• ESTADUAL e FEDERAL: Cumprir os repasses já previstos em Lei; FEDERAL: possibilidade de coparticipação dos usuários.

ESTADUAL: Aumentar o valor destinado à exames de prevenção (mamografias, PSA...); FEDERAL: Ampliar/ incluir novos procedimentos, exames e intervenções na tabela do SUS.


Investimentos na saúde

De acordo com a secretária municipal da Saúde e Assistência Social, Iara Kohlrausch, em 2018 o governo municipal investiu mais de R$ 4,7 milhões na área da saúde. Só na farmácia da Unidade Básica (UBS) foram dispensados quase três milhões de medicamentos, somando um custo de R$ 360 mil.

Outro número importante é o total de atendimentos médicos prestados no posto de saúde, que chegou a 90 por dia no ano passado. Já na enfermagem foram 27.832 atendimentos. Hoje, a estrutura da Unidade Básica do município é composta por quatro médicos clínicos, psiquiatra, ginecologista obstetra, pediatra, três psicólogos, três dentistas, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, duas farmacêuticas, três enfermeiras, cinco técnicos de enfermagem e sete agentes comunitários de saúde.

A Unidade Básica de Saúde também possui serviço de plantão 24 horas e transporte de pacientes às referências SUS. Quanto ao programa Estratégia Saúde da Família (ESF), o atendimento é prestado a 100% da população. O objetivo é a promoção, prevenção e reabilitação da saúde da população. Ocorrem visitas domiciliares, grupos de educação em saúde nas comunidades e atendimentos na UBS. É importante que cada habitante procure atendimento com a equipe responsável pela sua área.

Iara também ressaltou o andamento da obra de ampliação da Unidade Básica de Saúde. O objetivo é oferecer uma estrutura ainda mais qualificada de atendimento à população. O espaço será aumentado em 821,52 metrados quadrados, mais do que duplicando a área física do prédio, que passará a totalizar 1.479,91 metros quadrados.

Os serviços são realizados pela Construtora Ariotti, de Sério, vencedora da licitação. O investimento na obra supera R$ 1,3 milhão. “Com essa nova estrutura conseguiremos separar a parte administrativa – que ficará no segundo piso – do espaço voltado ao atendimento – que passa a ocupar todo primeiro piso”, salientou a secretária.

Centenas de pessoas participaram da conferência realizada no Salão Paroquial

21 visualizações

Secretaria de Saúde

Assistência Social:

Conselho Tutelar

Fiscalização (Sanitário)

Departamento de Obras

Conselho Tutelar (Alternativo)

Plantão da água (Vivo)

Departamento da Agricultura

Ambulância

Plantão de máquina (Vivo)

Plantão da água (Claro)

Secretaria da Educação

Ambulância (Alternativo)

Plantão de máquina (Claro)

Fiscalização (Geral)

Prefeitura de Santa Clara do Sul

Fone: (51) 3782-2250

Avenida Emancipação, n° 615, Centro

Santa Clara do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon