Câmara aprova campanha de arrecadação

Promoção deste ano distribuirá R$ 15 mil em vale-compras, desta vez em três sorteios


O projeto que institui e normatiza a realização anual da Campanha de Aumento da Arrecadação e Valorização do Comércio e Serviços foi aprovado na sessão do Legislativo realizada quarta-feira, dia 7. Intitulada de “Sua Nota Vale 1000”, a promoção deste ano distribuirá R$ 15 mil em vale-compras, com previsão de superar os números de 2013, quando houve a participação de 100 mil cautelas.


Serão três sorteios, a começar pelo dia 12 de junho, às 17h, no saguão de entrada do Centro Administrativo, quando dez consumidores serão contemplados com vale-compras de R$ 200 cada. Os consumidores podem trocar suas notas por cautelas a partir da segunda quinzena deste mês. Os pontos são o Centro Administrativo, a Câmara de Vereadores e a Biblioteca Municipal.


Para fins de troca por cupons são considerados os documentos fiscais da indústria, comércio e serviços emitidos de 1º de janeiro a 20 de dezembro de 2014, com valor mínimo de compra de R$ 50 para pessoa física e de R$ 200 para pessoa jurídica. Além de oferecer prêmios, a proposta da administração municipal é reduzir a sonegação e ampliar o retorno de ICMS com recursos que serão investidos no próprio município.


Outras duas matérias foram aprovadas. Ambas autorizam o Executivo a conceder um auxílio financeiro de R$ 1,5 mil aos corais Vozes do Coração, de Nova Santa Cruz, e São Francisco, do Centro. Os recursos destinam-se ao pagamento do transporte a seus integrantes quando da participação em eventos regionais e estaduais, além da aquisição de uniformes.



Medicamentos


Helena Herrmann (PMDB) se referiu ao caso dos remédios vencidos na Secretaria Estadual da Saúde divulgado nessa semana na imprensa. Na reportagem do jornal Zero Hora, lembra a vereadora, consta a perda de R$ 13,2 milhões em medicamentos. “Não sei se é má administração do estado ou falta de gerenciamento. Mas o fato é que 59,8 mil quilos de remédios foram para o lixo por estarem vencidos. Isso é um absurdo”.


A peemedebista mencionou o número de pessoas que deixarem de ser beneficiadas. “Diante da atual situação da saúde pública, é inadmissível que isso tenha ocorrido. Tantas pessoas na fila e medicamentos sendo estocados por tanto tempo a ponto de irem para o lixo. Não podemos ficar inertes quanto a esse caso”.


Helena informou, também, que na próxima semana, dia 15 de maio, haverá uma mobilização no centro da cidade para orientar e conscientizar a população quanto à importância da prevenção contra o câncer. A atividade será feita em parceria com a Secretaria de Saúde de Santa Clara do Sul e Liga de Combate ao Câncer de Lajeado.


Ainda em relação à notícia dos medicamentos vencidos, Valdir König (PTB) avaliou a situação como grave. “Onde está o Ministério Público agora? Pois quando o gestor municipal deixa faltar algum remédio, o órgão logo entra em ação e faz o município se virar para resolver o problema. É um absurdo que se perca milhões enquanto tantas pessoas estão na fila”.


O petebista também agradeceu à administração municipal por ter cumprido a promessa de campanha de instalar telefone fixo em Sampaio e à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural por ter recuperado a estrada geral da comunidade que, segundo ele, tem fluxo intenso de veículos.



Foto Rafael Simonis



Integrantes dos corais que receberam auxílio da administração municipal acompanharam a sessão de quarta-feira

0 visualização

Secretaria de Saúde

Assistência Social:

Conselho Tutelar

Fiscalização (Sanitário)

Departamento de Obras

Conselho Tutelar (Alternativo)

Plantão da água (Vivo)

Departamento da Agricultura

Ambulância

Plantão de máquina (Vivo)

Plantão da água (Claro)

Secretaria da Educação

Ambulância (Alternativo)

Plantão de máquina (Claro)

Fiscalização (Geral)

Prefeitura de Santa Clara do Sul

Fone: (51) 3782-2250

Avenida Emancipação, n° 615, Centro Santa Clara do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon