Programa coleta óleo de cozinha usado

Em torno de 1,5 mil litros receberam um destino adequado em dois anos de campanha


O Departamento Municipal de Meio Ambiente orienta a população a participar do programa de coleta do óleo de cozinha usado. Em vez de lançar o produto nas pias e nos ralos das casas, causando a contaminação da água e do solo por meio da rede de esgoto, a iniciativa tenta conscientizar a comunidade a dar destino correto à substância.


Hoje os pontos de coleta do produto estão situados nas cinco escolas do município. Parte do comércio, como as lancherias, também recolhe o material, mas de forma privada. Desde que a ação é realizada, há cerca de dois anos, em torno de 1,5 mil litros foram coletados. A orientação é de que as pessoas armazenem o produto em garrafas pet antes de depositá-lo nos tonéis para evitar vazamentos.


A campanha tem a parceria da Ecoóleo Soluções Ambientais, de Arroio do Meio, responsável pelo recolhimento e destinação do material. Segundo o proprietário da empresa, Rogério Quaresma, o óleo de fritura é transformado em desmoldantes que, aplicados em fôrmas de madeira ou metálicas, impedem a aderência entre o concreto e a fôrma. Quaresma informa que o disque-coleta é o 9737-2626.


Os ambientalistas alertam que um litro de óleo de cozinha usado pode contaminar cerca de um milhão de litros de água. Segundo a bióloga Dalila Welter, a intenção é ampliar o número de locais para depósito dos resíduos, sobretudo no centro da cidade, para incentivar mais pessoas a participarem do programa.



Conscientização


Os pontos de coleta estão localizados nos colégios municipais Frei Henrique de Coimbra, de Nova Santa Cruz; Willibaldo Both, em Alto Arroio Alegre; Gustavo Seidel, em Sampainho e Pequeno Mundo, no centro, bem como na Escola Estadual Santa Clara.


No colégio de Educação Infantil, a conscientização ambiental é um dos temas trabalhados com os alunos. É o caso de João Antônio Fernandes Schmidt e Lívia Winck Antoni, que desde cedo aprendem a importância de preservar a natureza e de se atentar à reciclagem.



Foto Rafael Simonis



Alunos da creche, João Antônio e Lívia aprendem desde pequenos a manter hábitos sustentáveis

0 visualização

Secretaria de Saúde

Assistência Social:

Conselho Tutelar

Fiscalização (Sanitário)

Departamento de Obras

Conselho Tutelar (Alternativo)

Plantão da água (Vivo)

Departamento da Agricultura

Ambulância

Plantão de máquina (Vivo)

Plantão da água (Claro)

Secretaria da Educação

Ambulância (Alternativo)

Plantão de máquina (Claro)

Fiscalização (Geral)

Prefeitura de Santa Clara do Sul

Fone: (51) 3782-2250

Avenida Emancipação, n° 615, Centro Santa Clara do Sul - RS

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon